Poesia

Para um coração

 

Desde que eu nasci
eu te procurei
No campo vazio,
onde eu cresci
havia a voz do vento,o azul do céu
e Gênesis.

Chamou-me meu Deus
Eu disse: Onde estás?
Ele respondeu:
-Se procuras um amor
Não é aqui que irás encontrar!

Então eu viajei
Por campos e colinas
Nas cidades invisíveis de Calvino
Eu chorei.
Para te encontrar
Te ressuscitar
Minha alma de poeta
Precisou viajar.

Clamar por amor
Mergulhar no mar
Encontrar em mim
O que eu tanto almejei!

Então eu me feri
e, pelo mundo andei.
Em terras distantes 
Tantos rostos e planetas eu percorri.

Por campos e colinas
Árvores, rosas, e jasmins.
Espaços solitários
Livros, pássaros
Gaudí!

Entre tantos lugares,
Livros, sons,imagens:o amor que estava em toda parte
agora mora em mim!

No campo vazio,
Onde eu cresci.
Num dia de sol
Voltei ouvindo Genesis...

Veio um vendaval
Com ele um temporal,
Após a lua , as estrelas
BEM-TE-VI!

Na noite encantada
Você veio a mim
e com voz embargada segredou:
-Por tantos anos te visitei,.
enamorado me entreguei;
mas num campo vazio
sem flores que colorem a solidão
sem pássaros, pipas,crianças correndo,
chuvas de verão..
Não pude pousar,não pude ficar,
Eras tu que precisavas
Muito antes de mim
o amor encontrar.

Veio um vendaval
Com ele um temporal
veio dançar a lua com todos seus satélites
e entre as estrelas
ficamos nós dois,dançamos pela noite
eternizamos nossa união
escrevemos juntos
nossa história de amor!